Promotoria de Justiça de Monte Alegre recomenda fechamento de comércios não essenciais

0

A procuradora da comarca do município de Monte Alegre, Francisca Paula Gama, recomendou por meio de ofício enviado à Prefeitura e a Secretaria Municipal de Saúde, na última sexta-feira (22), que seja adotado o decreto estadual e feche os comércios não essenciais no município.

A medida leva em consideração a classificação de “bandeira vermelha”, que alerta para o alto risco de contaminação do novo coronavírus. Os municípios da região do Baixo Amazonas passaram da cor laranja para a vermelha no dia 15 de janeiro, devido o aumento no número de casos da doença.

De acordo com a promotora, é visível que no cenário da segunda onda de casos positivos da covid-19 em Monte Alegre as pessoas estão mais relaxadas, não usam máscaras e não respeitam a recomendação de evitar aglomerações.

“Diante da flexiblização, veio a segunda onda. Agora, o município está passando por uma situação pior do que o pico da primeira onda”, disse Francisca.

Segundo ela, não há justificativa para que os comércios não essenciais continuem abertos.

Com informações do G1/ Santarém.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi