Prefeito de Manaus demostrou descontentamento com a proibição de entrada de pessoas do AM no PA

0

O prefeito de Manaus, David Almeida (Avante), disse na noite de quarta-feira (13), que se fosse o governador do Estado também baixaria um decreto proibindo barcos paraenses de entrar no Amazonas, pois o Estado atende pacientes paraenses sem colocar imposições.

O prefeito demonstrou descontentamento após o anuncio do governador Helder Barbalho de fechar a fronteira do Estado com o Amazonas, onde nenhum passageiro vindo do estado vizinho pode entrar no Pará.

“Eu sou o prefeito de Manaus,  mas se eu fosse o governador, aplicaria o princípio da reciprocidade com relação ao governador do Pará. Até porque muitos dos nossos pacientes, que nós atendemos nas nossas unidades de saúde de Manaus e também na cidade de Parintins,  que faz divisa, eles são pacientes vindos os estado do Pará”, disse David Almeida.

O Hospital de Referência de tratamento da Covid-19 em Parintins recebe pacientes de Faro, Terra Santa, Juruti e até de Oriximiná, do Oeste do Pará.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi