Alcoa é destaque nacional por excelência nas operações em Juruti

0

Prêmio da Revista Minérios & Minerales reconhece trabalho da empresa, que aumentou qualidade do minério e reduziu a necessidade de uso de água no processo.

Samuel Alvarenga

A mineradora Alcoa foi destaque nacional no 22º Prêmio de Excelência da Indústria Minero Metalúrgica 2020, da Revista Minérios & Minerales, com um trabalho de melhoria na planta de lavagem do beneficiamento da Unidade de Juruti, no Oeste do Estado do Pará. O projeto, apresentado pela engenheira de Processos Rafaela de Oliveira, gerou aumento da qualidade do produto a partir de iniciativas que melhoraram a uniformidade do fluxo de material nas peneiras que integram o processo da planta de lavagem e incluiu o aumento da pressão de água de lavagem, reduzindo o uso da água e gerando aumento de receita.

O trabalho é resultado do estímulo contínuo da empresa na busca de melhorias, encorajando a integração dos times na busca de soluções. Os times de operação e engenharia de processo da planta de lavagem, juntamente com os times de engenharia e manutenção, identificaram a oportunidade de melhoria na etapa de lavagem do minério no peneiramento. Juntos, os profissionais realizaram diversas melhorias visando a otimização do fluxo do material nas peneiras e no ajuste da pressão de água da lavagem, que representam dois importantes fatores para eficiência no processo de lavagem.

De acordo com Rafaela Oliveira, foram instalados dispositivos nas peneiras para reduzir a velocidade de passagem do produto e proporcionar maior uniformidade do material em toda a superfície da peneira. Além disso, foi instalada uma bomba booster para garantir melhor pressurização no jateamento de água, otimizando o uso do recurso natural.

“Nosso processo de lavagem é muito simples e utiliza somente água. Grande parte desta água é reciclada por nosso sistema de lagoas de espessamento. Mas, sempre há uma oportunidade de otimizar ainda mais”, comenta a engenheira. Cerca de 70% da água no processo da Alcoa Juruti é reaproveitada.

O trabalho premiado pela Minérios & Minerales como referência no mercado, além dos ganhos em excelência operacional e ambiental, gerou aumento de 0,2% de aumento da qualidade do produto final, garantindo, ainda, aumento da em R$ 2,7 milhões/ano na receita da companhia.

Liderança feminina e respeito à diversidade

Rafaela Oliveira, graduada em Engenharia de Minas, foi indicada para representar o time na apresentação do projeto e recebimento da premiação pela sua liderança e alta performance na empresa. Iniciou sua carreira na Alcoa Juruti em 2016 como estagiária, desenvolvendo projetos na área de Britagem e Operação de Mina. Desde 2017, atua como Engenheira de Processos da Usina de Classificação ou Planta de Lavagem, realizando atividades voltadas à otimização e acompanhamento das etapas que envolvem as operações de beneficiamento de bauxita.

“A Alcoa valoriza a diversidade por acreditar na competência de todas as pessoas e que um ambiente diverso, que reflita a nossa sociedade, realmente estimula o respeito, a criatividade e a cooperação”, declara Genesis Costa, gerente-geral da Alcoa Juruti. Essa visão garantiu à Companhia, neste ano, o título de Melhor Empresa em Diversidade no setor de Siderurgia e Mineração, conforme a segunda edição do Guia Exame de Diversidade, elaborado pela Revista EXAME, em parceria com o Instituto Ethos.

Atualmente 31% das mulheres estão em cargos de liderança na Alcoa no Brasil. Em Juruti, o efetivo médio de mulheres na Alcoa é de 23,4% e conta com a forte atuação de rede de afinidade exclusiva para valorização do gênero feminino: a Rede de Mulheres Alcoa (Alcoa Women Network). Os resultados refletem as iniciativas pela cultura inclusiva ancorados nos valores da Companhia: Agir com Integridade, Trabalhar com Excelência e Cuidar das Pessoas.

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi