Convênio com o governo do Pará. HRBA vai ampliar leitos para Covid-19

0

Com fechamento do Hospital de Campanha em Santarém, no oeste do Pará, e os casos da Covid-19 na região, o Governo do Estado anunciou que foi firmado um convênio com Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA) para ampliação de leitos destinados a pacientes diagnosticados com o novo coronavírus.

“Estamos tratando sobre a estratégia de proteção à vida da população da região oeste, vendo a pressão sobre o sistema de saúde em Manaus (AM), e isto nos preocupa”, declarou o governador Helder Barbalho, em vídeo divulgado nas redes sociais nesta terça-feira (27), ao lado do secretário de Estado de Saúde Pública, Rômulo Rodovalho.

Ainda conforme Helder, o fechamento do Hospital de Campanha, que encerrou as atividades no dia 27 de setembro, se deu porque não havia demanda para justificar sua existência.

Com a abertura de novos leitos no HRBA, o governo anunciou ainda que o Hospital Regional do Tapajós, em Itaituba, também receberá pacientes da região como retaguarda. “Pacientes de Itaituba, Novo Progresso, Jacareacanga, Trairão, Rurópolis e outros municípios podem buscar essa opção e descentralizar a procura”, disse o governador.

Hospital de Campanha

Após de 5 meses de atuação no combate da Covid-19, o Hospital de Campanha de Santarém encerrou as atividades no dia 27 de setembro. Os últimos pacientes da unidade foram transferidos para o Hospital Regional do Baixo Amazonas (HRBA).

A unidade foi começou os atendimentos no dia no 22 de abril deste ano, a unidade atendeu pacientes diagnosticados com a Covid-19 vindos, especialmente, da região Oeste, Baixo Amazonas, Xingu e Tapajós. No total, o hospital realizou quase 800 atendimentos e, antes do seu encerramento, estava com uma ocupação de 8%.

O Hospital de Campanha de Santarém contou com 36 leitos de unidade de tratamento intensivo, 84 leitos clínicos e 10 leitos clínicos para indígenas, totalizando 120 vagas. (G1 Santarém)

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Por favor, preencha seu nome auqi